Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



E O MENINO VAI CRESCENDO

Quarta-feira, 05.09.07

Para os pais que já deixaram Agosto com ansiedade e não pelo pouco calor que se fez sentir comprometendo assim ,melhores dias de verão, mas que pela 1º vez, vão levar o seu menino à escola, que sentem o coração a bater mais pesadamente que são assaltados pelos medos e receios, pela saudade já anunciada.

Deixo um poema muito simples e puro como são as crianças.

Acreditem que também eu, mãe de uma só viagem senti o mesmo que hoje todos vocês sentem. Medo de cortar o cordão umbilical.

Dói muito e como todas as dores, muito solitária. Muito única.

Nenhum professor substitui o pai ou a mãe ou a família, mas .. afaga, dá mimo, aceita birras e lágrimas risos, brincadeiras ...é o colo e o abraço , a fada, a bruxa, nunca se esquecendo de ser professor a caminhar ao passo do tamanho e altura do menino. É o caminhar juntos. É sentir em cada dia as asas crescerem ...crescerem...

 

Era uma vez um menino

um menino pequenino

de perninhas arqueadas...

Tem na boca uma chupeta

Uma roca na mãozita

TLIM...TLIM...

E o menino vai crescendo

engatinha, faz tem-tem

Um dentinho...dois dentinhos...

Bate palmas...Já diz «mãe»...

O menino vai crescendo...

e já não é um menino

É agora um rapazito.

vestiu batita branca

Pegou na mala dos livros

E foi para a escola aprender.

Patrícia Joyce

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 21:35


8 comentários

De TiBéu ( Isa) a 06.09.2007 às 00:04

Que carinho que aqui vai, parabens por todo este amor. boa noite bj

De dolce_vita a 06.09.2007 às 01:10

Muito abrigada,humildemente reconheço que só desta maneira sei estar na vida.Cada um de nós tem a sua forma de estar,apesar de não ter tido uma vida Tão cor de rosa como sonhei,há algo que nunca deixei morrer em mim,o carinho,o afecto a força e a vontade de DAR estes sentimentos.Mas devo fazer justiça a amigos,irmão ,mãe e filho que são o pilar deste equilibrio,sem eles a minha vida não fazia sentido ,não teria força para todos os dias enfrentar o sol mesmo qdo não aparece e as estrelas mesmo num céu nublado,mas sei que tudo isso está no seu lugar.
mas pelo que tenho lido a senhora "ganha-me ",nessa matéria.(desculpe,apenas desanubiei um pouco o que escrevi)
um abraço

De flor_incognita a 06.09.2007 às 09:17

OLá ...este ano é como se fosse a primeira vez que a minha piolha vai para a escola , pois vai para uma escola diferente...mais longe ...mais cedo e regressando mais tarde...eu, claro...temo por ela, mas ela diz que não tem medo...pura mentira eu conheço-a muito bem e sei que está assustada , não quer é desmonstrá-lo...!
Mas eu sei que é assim ...ela está a cescer e tem de aprender a superar o que lhe reserva o futuro!Claro que com uma mãozinha da mãe!
Beijo

De Zita a 06.09.2007 às 09:36

Sim também eu tenho um menino que vai entrar no 1º ano. São novos horários (8h manha demasiado cedo mas..) e claro eu como mãe estou diga-se aflita, foi-lhe diagnosticado "mutismo selectivo" e daí a razao das minhas preocupaçoes. Isto já aconteceu no ano anterior em que frequentou o jardim de infancia e espero que este novo professor o cative de modo a ele ultrapassar em parte esta dificuldade.
Cumprimentos

De devoltaoutravez a 06.09.2007 às 15:11

A distribui aos pais, sem dúvida!

:)

De Zita a 06.09.2007 às 16:28

Obrigada pelo poema.

De saltapocinhas a 07.09.2007 às 22:31

adoro este poema...
e nõs professores às vezes temos a tendencia a esquecer o "outro lado", o lado dos pais, que afinal também nós somos!

De Lua de Sol a 19.09.2007 às 12:52

Olá! Vim espreitar o teu cantinho e achei... delicioso. Muito bem escrito, muito sensível, muito repleto de palavras mágicas. E é bom sabermos que os professores dão colinho e miminhos, porque nós pais ficamos a precisar quase tanto como os rebentos!
Vou voltar, os poemas são lindos, as frases sensatas e em tudo está presente muito "coração".
Beijocas, é mesmo um Dolce Vita:)

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30